1

Maxi Colares - Faça em casa

Oi Meninas... vi essa reportagem no site da revista quem e achei interessante repassar!!!

Fonte:http://revistaquem.globo.com/QUEM-Inspira/noticia/2012/08/faca-em-casa-colares-que-estao-fazendo-cabeca-das-famosas.html

Faça em casa: Colares que estão fazendo a cabeça das famosas

Veja como é fácil criar um Colar Gola, como os usados por Juliana Paes e Nathalia Dill, gastando muito pouco




Comentários
Juliana Paes (Foto: AG News)

A moda dos maxicolares e colares gola chegou com tudo e promete cada vez mais se destacar entre as famosas. Depois de ver todas elas exibindo seus colares em todo lugar, decidi pesquisar qual era a melhor forma de se fazer um igual sem gastar muito $$$!
Fiz alguns testes em diferentes tecidos e entendi que todos eles são feitos com feltro porque não desfia e não precisa de nenhum acabamento especial. Fiquei resistente ao feltro porque é um tecido muito quente, e no calor ficaria praticamente insuportável de usar, mas como esses modelos de colar são feitos para se usar com gola de camisa, ou por cima de camisetas para criar o efeito de uma golinha, o fato do feltro ser QUENTE não interfere tanto.
Para fazer é muito simples. Só ter o material adequado, se basear - ou criar! - nos moldes e usar a criatividade. Fazer o colar, ao invés de comprar, sempre tem suas vantagens. Além de divertido e um tanto quanto terapêutico, você terá a peça do jeitinho que imaginou. O trabalho é rápido e nem um pouco complicado.

Custo do projeto:
Todo o material encontrei no comércio dos arredores da Rua 25 de março de São Paulo.  Dica:as lojas de tecido sempre possuem um setor especial para retalhos. Comprei meus feltros na Niazi Chohfi, na seção de retalhos para patchwork. Um pedaço rendeu 4 colares e custou menos de R$ 2.

O preço das miçangas varia bastante. As pretas maiores, encontrei um saquinho com 20 por R$ 4. As pretas menores, um saquinho com 200g foi R$ 2. As tachinhas não foram muito fáceis de se encontrar. Comprei as minhas nas cores dourada e prata na Pink Bijoux (Ladeira Porto Geral, 106 - Sala 407 no 4° andar), por R$ 6 o saco com 200 spikes.

cola para tecido (Acrilex) custou R$ 1,90, a fita de cetim, R$ 1,10, e o alicate para bijuterias, R$ 3,10 - os três comprados do Armarinhos Fernando.

Meu gasto total foi de R$ 20,10, e ainda sobrou material para fazer mais colares! Vale a pena, não acham?
Colar gola comprado nos arredores da Rua 25 de Março de São Paulo (Foto: Arquivo QUEM)
Nas galerias da Ladeira Porto Geral, centro de SP, também achei opções prontas para vender. Não resisti e comprei este dourado metálico por R$ 25,90 (Fetiches House - Ladeira Porto Geral, 106 - 2ºAndar, Sala 104). 
**Gostou da nossa dica? Mande as fotos da sua produção para a gente! Queremos saber como ficaram os colares de vocês! E-mail: queminspira@edglobo.com.br
Você vai precisar de (Foto: Arquivo QUEM)
Passo a Passo (Foto: Arquivo QUEM)
Alicia Keys, Nathalia Dill e Bia Antony (Foto: Getty Images e Ag News)
Achados Asos (Foto: Reprodução)
. (Foto: .)
Moldes (Foto: .)
Molde1 (Foto: Arquivo QUEM)
Molde2 (Foto: Arquivo QUEM)

1 comentários:

samara ferrera gomes disse...

lindoos ,ameei parabéns

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...